Centro de Desenvolvimento de Serviços de Tecnologia da Informação no CJF
Identificação do Projeto

Nome: Centro de Desenvolvimento de Serviços de Tecnologia da Informação no CJF

Data do início : 11.11.2019

Gestor do Projeto : Divailton Teixeira Machado

Processo Administrativo: 0006036-71.2019.4.90.8000

Participantes : image

Gerente do Projeto: André Ricardo Lapetina Chiaratto

Implementação:
80%
Acompanhamento:
Objetivo do Projeto

Criar o Centro de Desenvolvimento Colaborativo de Sistemas Corporativos Nacionais e definir a política de concepção, sustentação e gestão desses sistemas. Este centro será coordenado pelo Conselho da Justiça Federal. O projeto visa assegurar que o sistema de TI da Justiça Federal (SIJUS) atue de forma integrada e colaborativa por meio da uniformização de procedimentos e metodologias, de modo a reduzir a heterogeneidade, permitindo a interoperabilidade, o melhor compartilhamento do conhecimento, a melhoria na execução das rotinas de trabalho, gerando economicidade e aumento da eficiência operacional, bem como aperfeiçoar e consolidar conjuntos de estruturas organizacionais e de processos que envolvem a alta direção, as gerências de TI e as gerências de negócio nas tomadas de decisão sobre o uso de TI, para garantir o alinhamento entre as estratégias da Justiça Federal e as operações das áreas de TI e de negócio Benefícios esperados • Prover maior flexibilidade, agilidade e escalabilidade para atender às variações de demandas; • Prover maior disponibilidade e continuidade dos serviços; • Prover maior agilidade na implementação e entrega dos serviços; • Obter maior produtividade das equipes de TI; • Atuar de forma mais integrada e colaborativa entre as equipes de TI e negócio dos órgãos da JF; • Prover racionalização de recursos humanos, tecnológicos e orçamentários; • Uniformização de procedimentos e metodologias; • Aperfeiçoar e consolidar conjuntos de estruturas organizacionais e de processos que envolvem a alta direção, as gerências de TI e as gerências de negócio nas tomadas de decisão e priorização sobre o uso de TI.


Justificativa

Visando o uso racional dos recursos humanos e orçamentários da Justiça Federal, alinhado às estratégias definidas pelo Conselho Nacional de Justiça e pelo Conselho da Justiça Federal, sugere-se a criação do Centro de Desenvolvimento Colaborativo de Sistemas Corporativos Nacionais e a definição da política de concepção, sustentação e gestão desses sistemas. Este projeto visa concentrar esforços e força de trabalho da Justiça Federal em seus projetos de Tecnologia da Informação, garantindo confiabilidade, integridade, interoperabilidade e disponibilidade das informações, dos serviços e sistemas essenciais da Justiça Federal, por meio do incremento e modernização dos mecanismos tecnológicos, controles efetivos dos processos de desenvolvimento, de segurança e de riscos, assim como a otimização de recursos humanos, orçamentários e tecnológicos.

Escopo do Projeto

• Implementar o processo de desenvolvimento colaborativo de sistemas corporativos nacionais no âmbito do Conselho da Justiça Federal e na Justiça Federal de 1º e 2º graus; • Definir princípios, diretrizes, objetivos e responsáveis pelo Centro de Desenvolvimento Colaborativo na Justiça Federal; • Definir projetos prioritários de interesse de toda a Justiça Federal; • Aprimorar a gestão dos recursos humanos e orçamentários da Justiça Federal e do CJF; • Promover a adoção de padrões tecnológicos; • Aprimorar e fortalecer a integração e a interoperabilidade de Sistemas de Informações e a interoperabilidade dos sistemas da Justiça Federal; • Aprimorar a Segurança da Informação e a Gestão de Riscos de TI; • Aprimorar a Governança de TI e os Serviços de TI da Justiça Federal; • Aprimorar o Nivelamento Tecnológico; e • Primar pela satisfação dos usuários.

Não-Escopo do Projeto

Tema Estratégico

Gestão da Tecnologia da Informação

Objetivo Estratégico

Assegurar a efetividade dos serviços de Tecnologia da Informação para o Conselho da Justiça Federal

2015 © Conselho de Justiça Federal - Secretaria de Estratégia e Governança - observatorio@cjf.jus.br