Você está aqui: Página Inicial > Outras Notícias > 2012 > Dezembro > Novo sistema torna processos administrativos do TRF4 totalmente eletrônicos

Novo sistema torna processos administrativos do TRF4 totalmente eletrônicos

publicado 16/12/2009 09h50, última modificação 11/06/2015 17h10

Em solenidade realizada na tarde de ontem (15/12), foi oficialmente lançado o Sistema Eletrônico de Informações (Sei!), programa que permitirá a virtualização de todos os procedimentos administrativos do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). O desembargador federal Vilson Darós, presidente da corte, coordenou a cerimônia que lotou a Sala de Reuniões do Gabinete da Presidência e contou com a presença de vários magistrados, procuradores, advogados e servidores.

Assim como o processo eletrônico judicial, em fase de implantação em todas unidades da Justiça Federal da 4ª Região, o Sei! também foi desenvolvido por servidores da área de Tecnologia da Informação do tribunal, sem custos. Concebido para proporcionar o processamento eletrônico da documentação administrativa da corte e fazer a gestão do conhecimento de toda a informação recebida ou gerada na instituição,  o Sei! é voltado para o usuário e leva a instituição a aprender novas formas de solucionar seus processos de trabalho, de forma inovadora.

Após a apresentação de uma vinheta sobre o novo sistema, também desenvolvida por uma equipe de servidores do tribunal, a coordenadora de gestão do conhecimento e de apoio à Diretoria-Geral, Patrícia Santanna Garcia, explicou que a pretensão do Sei! é de organizar os fluxos, tornando o trabalho mais sistêmico, com a busca rápida à informação necessária para uma tomada de decisão coerente.

A seguir, a diretora-geral do TRF4, Eloísa Agra Hassen, prestou uma homenagem especial ao presidente da corte, entregando-lhe flores. Conforme Eloísa, o desembargador Darós é um magistrado “exemplar e um administrador ímpar, que deixou profundas marcas na Justiça Federal brasileira”.

Justiça ágil e efetiva

Agradecido com a homenagem, o presidente da corte lembrou que, dentre as propostas de sua gestão para se atingir a meta principal – uma prestação jurisdicional, célere, ágil e efetiva – está a de desenvolver o processo eletrônico, um grande aliado. “Uma boa administração tem que visualizar um procedimento diferente nos seus processos administrativos”, salientou. Felizmente, elogiou o desembargador, “tivemos uma equipe, formada por servidores das Diretorias Geral e de Tecnologia da Informação, que abraçou esta ideia”.

Antes do encerramento da cerimônia, Eloísa entregou flores para o juiz federal Sérgio Tejada Garcia, convocado para atuar na corte, responsável pela coordenação da implantação do processo eletrônico judicial, e para outros servidores do tribunal.

www.trf4.jus.br