Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reforma Previdenciária: a atuação dos Centros de Inteligência para prevenção de conflitos previdenciários foi destaque no último dia

Notícias

Reforma Previdenciária: a atuação dos Centros de Inteligência para prevenção de conflitos previdenciários foi destaque no último dia

por publicado: 19/11/2019 10h34 última modificação: 19/11/2019 11h22

Na quarta-feira (13), ocorreu o terceiro e último dia do curso Reforma Previdenciária, realizado no auditório da biblioteca do Conselho da Justiça Federal (CJF). Durante à tarde, a coordenadora do Grupo Operacional dos Centros de Inteligência, Vânila Cardoso André de Moraes, e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira, apresentaram o tema Desjudicialização e processos de competência delegada.

Em sua exposição, Vânila apresentou os trabalhos desenvolvidos pelo Grupo Operacional dos Centros de Inteligência. Entre eles, estava o projeto de prevenção dos conflitos previdenciários relacionados à Reforma da Previdência, bem como possíveis fluxos de atuação com a alteração da competência delegada previdenciária. Em seguida, Vieira apresentou as alterações relacionadas a gestão que têm sido executadas pela Autarquia Previdenciária e ressaltou a importância dos Centros de Inteligência no Projeto Nacional de Desjudicialização.

Após as apresentações, foram realizadas oficinas pelos juízes presentes na metodologia adotada pelos Centros de Inteligência. As atividades tiveram como objetivo o desenvolvimento de projetos que possam auxiliar a prevenção dos conflitos previdenciários.

Balanço

Ao final do curso, a Secretaria do Centro de Estudo Judiciários (CEJ) destacou o sucesso do evento e a coordenação científica da juíza federal Kátia Herminia Martins Lazarano Roncada durante os três dias do evento.

Veja também:

Reforma da Previdência: juízes discutem aspectos negativos das novas regras