Você está aqui: Página Inicial > Corregedoria da Justiça Federal > Centro de Estudos Judiciários > Cursos e Eventos > EaD > Módulo III do Curso Modular em Laboratório de Inovação, Centro de Inteligência e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Módulo III do Curso Modular em Laboratório de Inovação, Centro de Inteligência e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

publicado 20/03/2018 12h48, última modificação 18/02/2021 11h31
INSCRIÇÕES ENCERRADAS
Quando 22/02/2021 a 00h00 13/04/2021 a 23h59 a
Onde plataforma desenvolvida pela Associação Paranaense dos Juízes Federais: esmafe.com/cnj.
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Logo entidade LIODS

Apresentação: Trata-se do MÓDULO III: Gestão de Dados e Soluções Integradas de TI - com foco na Meta 9

Inscrições:  encerradas

Para participar do processo seletivo, o servidor inscrito deverá enviar um arquivo pdf do certificado de conclusão de graduação, em qualquer área, até do dia 05/02, para o seguinte endereço: sce@cjf.jus.br. No mesmo e-mail, informar se exerce atividades de assessoria de gabinete e indicar a unidade de lotação.

Observação: a prioridade de vaga é prerrogativa do aluno que não deixar de cursar algum módulo do curso, independente de haver ou não sorteio de vagas.

Período das Aulas do Módulo III:  22/02/2021 a 13/04/2021

Modalidade: A distância com tutoria.

Turmas: 3

Vagas:  120, sendo 60 para Magistrados e 60 para servidores do Poder Judiciário, ambos de todas as esferas e instâncias do Poder Judiciário. Se houver mais interessados do que vagas, haverá o sorteio das vagas. Observação: o cursista dos Módulos I e II que se inscrever neste módulo terá preferência de vaga, independente de haver ou não sorteio.

Público-alvo:  Magistrados e Servidores do Poder Judiciário.

Carga horária: 45 horas-aula

Local: Plataforma desenvolvida pela Associação Paranaense dos Juízes Federais: https://cnj.esmafe.com/.

Realização: Associação Paranaense dos Juízes Federais em parceria com Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento; Conselho Nacional de Justiça; Laboratório de Inovação e Inteligência e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável do Conselho Nacional de Justiça e Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal.

 A parceria da APAJUFE com o PNUD e CNJ decorre do Acordo de Instituição de Parceria 00034161 para executar o Projeto BRA 19/012 para a realização do mencionado curso.


relizacao


Ementa

Noções gerais de estatística. Conceito de banco de dados (database). Conceito de sistema de informação. Desenvolvedores web. Armazenamento em nuvem. Aplicações mobile (apps para celular). BI: Teoria, ferramentas e cases. Georeferenciamento. Mineração de dados. Ciência de dados. Inteligência artificial. Big Data. Normas. Consolidação de dados e publicação na internet. Blockchain. Jurimetria e análise de dados jurídicos. Gestão de Projetos aplicada à jurisdição. Gestão de Processos aplicada à jurisdição. Segurança Cibernética: teoria prática.

_______________________________________________________________________________________________________________________
Tutores

José Luiz Livizeto Terra

Juiz Federal titular da 4ª Vara de Passo Fundo, Coordenador do SEI na 4ª Região e Integrante da Comissão Permanente de Segurança do TRF da 4ª Região.

Maria Candida Carvalho Monteiro de Almeida

Juíza Federal da 1ª Região. Graduada em Direito pela UnB. Master of Laws pela Universidade de Cambridge e Master of the Science of Law pela Universidade de Stanford. É doutoranda na Universidade de Brasília.

Ricardo Fay

Juiz Federal Substituto do TRF4 desde 2017. Especializado em Direitos Humanos. Ex-Técnico Judiciário do TRF4. Ex-Analista Judiciário do TRF4. Ex-Defensor Público do Estado do Rio Grande do Sul (2016/2017).

 


Objetivo geral

Este módulo integra um curso maior de 10 módulos sobre Laboratório de Inovação, Centro de Inteligência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O aluno deverá realizar a sua inscrição de forma individualizada para cada módulo. O objetivo do curso é divulgar a Agenda 2030 e os seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; difundir os Centros de Inteligência e os Laboratórios de Inovação e estudar a integração da Agenda 2030 ao Poder Judiciário (Meta 9 CNJ) de forma a ajudar no aperfeiçoamento da prestação dos serviços jurisdicionais.

Objetivos específicos:

- Identificar as noções gerais de estatística;

- Descrever os conceitos fundamentais de database, desenvolvedor web e BI;

- Identificar a dimensão do sistema de informação nas organizações como um todo;

- Analisar os conceitos fundamentais sobre nuvem, tipos de nuvem, serviços na nuvem, armazenamento em nuvem, bem como as vantagens e desvantagens para as atividades diárias;

- Discutir sobre a validação e desenvolvimento de aplicativos móveis;

- Analisar as vantagens da aplicação do Sistema Global de Navegação por Satélite (GNSS) e sistemas de georeferenciamento na atividade jurisdicional.

- Contextualizar como a gestão de dados pode melhorar a atividade jurisdicional;

- Analisar criticamente as questões éticas relacionadas à inteligência artificial, inclusive ao ser aplicada na atividade jurisdicional;

- Identificar as possibilidades e oportunidades do Big Data no meio jurídico;

- Apreciar as normas aplicáveis à matéria no que concerne a transparência e proteção de dados pessoais;

- Analisar criticamente a Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD;

- Discorrer sobre a consolidação de dados na internet;

- Explicar os fundamentos tecnológicos, contratos inteligentes (smart contracts);

- Criticar a tecnologia blockchain e respectivos tipos;

- Descrever a jurimetria e suas aplicações via softwares inteligentes;

- Demonstrar os processos e projetos de gestão aplicáveis à jurisdição;

- Contextualizar a importância da segurança cibernética.

 


Metodologia

O módulo deste curso é composto de 19 (dezenove) tópicos com videoaula, aulas síncronas, material para leitura, e fóruns temáticos para compartilhamento de ideias/experiências. Será realizado na plataforma desenvolvido pela Associação Paranaense dos Juízes Federais (<https://cnj.esmafe.com/>).

O módulo terá duração de 50  (cinquenta) dias a contar do dia 22.02.2021.

A interação entre os participantes se faz indispensável para o sucesso deste curso. Será motivada pelo diálogo, troca de experiências e realização de atividades em grupo e individuais. Além das aulas expositivas, haverá aulas síncronas dialogadas, proporcionando ao aluno espaço diferenciado para socialização do conhecimento.

Atuação e responsabilidade do cursista:

- Acessar o curso regularmente, dedicando-se aos estudos por, em média, 01 (uma) hora diária;

- Observar os avisos enviados pela coordenação e pela tutoria;

- Atentar para os critérios de avaliação adotados;

- Participar ativamente dos debates;

- Cumprir as atividades dentro do prazo estabelecido;

- Responder a avaliação de reação.


Conteúdo Programático

- Noções gerais de estatística;

- Conceito de banco de dados (database). O que é base de dados? O que é banco de dados? O que é fonte? O que são sistemas de informação? Classificação de dados: estruturados e não estruturados; dados sensíveis;

- Desenvolvedores web;

- BI: Teoria, ferramentas e cases;

- Conceito de sistema de informação;

- Armazenamento em nuvem;

- Aplicações mobile (apps para celular);

- Georeferenciamento;

- Mineração de dados;

- Ciência de dados;

- Inteligência artificial;

- Big Data;

- Normas.Lei de transparência de dados. Lei geral de proteção de dados pessoais;

- Consolidação de dados e publicação na internet.

- Blockchain;

- Jurimetria e análise de dados jurídicos;

- Gestão de Projetos aplicada à jurisdição;

- Gestão de Processos aplicada à jurisdição;

- Segurança Cibernética teoria prática: senhas fortes, autenticação em dois fatores e como agir no caso de invasão indevida da conta do whatsapp.

 


Créditos do Curso

Associação Paranaense dos Juízes Federais em parceria com Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento; Conselho Nacional de Justiça; Laboratório de Inovação e Inteligência e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável do Conselho Nacional de Justiça e Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal.

A parceria da APAJUFE com o PNUD e CNJ decorre do Acordo de Instituição de Parceria 00034161 para executar o Projeto BRA 19/012 para a realização do Curso Modular de Laboratório de Inovação, Inteligência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do CNJ (LIODS-CNJ).


Sistema de Avaliação

O sistema de avaliação para fins de obtenção do certificado obedece aos seguintes requisitos cumulativos: frequência virtual e aprendizagem.

 Avaliação de frequência virtual

O aluno deve ter a frequência virtual de, no mínimo, 70% dos vídeos e aulas ao vivo. A frequência é computada pela visualização do vídeo e presença na aula ao vivo.

 Avaliação de aprendizagem:

 1. Fórum de discussão (até 60 pontos): no decorrer do módulo, o aluno deverá, obrigatoriamente, participar do fórum de discussão.

 2. Aulas síncronas: durante os debates os alunos serão estimulados a se manifestarem e serão observadas as habilidades de argumentação, oralidade, de organização estratégica de seus pensamentos, a conexão entre fatores, a conectividade com o conteúdos do módulo.

3. Paper  (até 30 pontos): a atividade final do curso consiste na confecção de um paper abarcando o conteúdo do módulo, com 3 laudas, e que aborde a impressão do aluno sobre a Agenda 2030 e a sua vinculação ao Poder Judiciário Brasileiro. Tais trabalhos podem integrar uma publicação (virtual e/ou física) deste módulo.

 Avaliação de reação:

Ao final do curso será aplicada a avaliação de reação que fornecerá subsídios para o aperfeiçoamento dos próximos cursos. O relatório de avaliação de reação apresentará o nível de satisfação dos alunos em relação aos aspectos do curso: desempenho do participante, planejamento, espaços de interação, suporte da Equipe de EaD e aplicabilidade no trabalho.

Aprovação

A aprovação está vinculada à realização das atividades propostas pelo tutor, obtenção de frequência virtual de 70% dos vídeos adicionado ao aproveitamento igual ou superior a 70% da nota total do curso e preenchimento da avaliação de reação.


Certificação

O certificado será disponibilizado após o preenchimento da avaliação de reação. O módulo será certificado pelo Laboratório de Inovação e Inteligência e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável do Conselho Nacional de Justiça, Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal, Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento e Associação Paranaense dos Juízes Federais. O curso está em fase de credenciamento pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados.


Requisitos para participar do Curso

. Ser Magistrados ou servidor de de qualquer uma das esferas e instâncias do Poder Judiciário;

. Ler todas as informações sobre o Curso;

. Dispor, em média, de 1 hora diária participar ativamente das atividades propostas e realizar as tarefas previstas;

. Dispor dos recursos mínimos de tecnologia: conexão com a internet e navegador instalado (Explorer, Firefox, Chrome), conexões de áudio (caixas acústicas ou fones auriculares), preferível dispor de webcam instalada e configurada na estação, leitor de textos pdf, media player , conta de correio eletrônico;

. Ser selecionado para participar do curso, verificando se recebeu o e-mail correspondente.

registrado em: